Franquias De Lazer Crescem No Brasil

Franquias de lazer crescem no Brasil

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), franquias de lazer e entretenimento cresceu 16,1% no segundo trimestre de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com especialistas da área divulgado pela Jornal Folha de São Paulo, a explicação para esses números envolve duas crises: uma delas é a existencial, vivida pelos shoppings e a segunda é a econômica.

O sócio do escritório de Belo Horizonte da Baker Tilly Brasil, Gilberto Galinkin, vê o crescimento dessas empresas com bons olhos e uma forma de fomentar a economia. “Nesse processo de crise que enfrentamos nos últimos anos, a criatividade é fundamental.O diferencial em novos projetos, sem dúvida, é o foco no investimento em novas áreas quem podem trazer fomento para a nossa economia”, completa.

Dessa maneira, os shoppings tem se mexido para oferecerem a seus visitantes pontos de lazer, entretenimento e alimentação segundo André Friedheim, vice-presidente da ABF. “Os espaços voltados para games, cinemas e teatros estão crescendo”.

Movimentação

Estudos da ABF mostraram que no último semestre, as franquias miraram regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste com o objetivo de ampliar o mercado. O deslocamento contou com estudos de logística e distribuição.

Mesmo o Sudeste ainda esteja na liderança nos índices, com 56,8% do faturamento no país, a ABF fala que a tendência de descentralização das franquias devem se intensificar.

×Close search
Buscar